Festival F

  • iconografia guitarra
  • Samuel Úria

  • quinta-feira, 31 AGO 2017 -01H00 • Palco Sé

“Devia ser cada vez mais fácil decifrá-lo. Mas não é. Samuel Úria é rebuscado, cifrado e, para dificultar a tarefa, está cheio de conteúdo para desvendar.
(...)
Surge várias vezes a criança que se diverte com o corpo inteiro, que não pretende agradar nem imitar ninguém; e nisso tomamos noção de que, tanto em palco como em disco, ele é que é totalmente inimitável. E não há dúvida que neste disco aparece uma verosímil auto-biografia do Sami: Um ser enorme que já não cabe na própria casa, e quer abreviar-se para ocupar pouco espaço, apequenar-se para ficar à mesma altura de ombro que nós. Mas na verdade só consegue saber crescer com tanto que assimila dos livros de engordar no topo da estante, à qual poucos de nós temos acesso.
Modesto, generoso e altruísta, é claro que ele acha que o Ego dele tem de diminuir. Mas nós que o vemos, sabemos que não é de Ego que se agigantou Samuel Úria, mas sim de um incomensurável talento que dá gosto testemunhar de disco para disco.”

Márcia, sobre o disco “Carga de Ombro” (2016)

Faro • 31 Ago a 2 Set

Vila Adentro_Faro

Bilheteira